Universidade Federal do Pará

Auditório Armando Dias Mendes do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA)

Av. Perimetral, nº 1 – Guamá

Dia 27 de maio

 

Documento de identidade (ex: 12345678)

(ex: 011 12345678)


Selecione uma ou mais opções:

Escolha as atividades que participará

Objetivos: Apresentar dados para o planejamento de ações culturais, Sensibilizar para a importância do planejamento estratégico no desenho de ações culturais.

Descrição da atividade: O estudo Panorama Setorial da Cultura, já com 10 anos em curso, investigou a cadeia produtiva da cultura brasileira por meio da perspectiva de seus atores: iniciativa privada, governo, produtores, artistas, consumidores, distribuidores e divulgadores. A atividade apresenta os principais dados das coletas nacionais, colocando em discussão pontos de atenção necessários a qualquer desenvolvimento cultural, seja no âmbito de produções artísticas, seja na dimensão de políticas culturais. A atividade é subsídio para o processo de planejamento cultural.

Público: Aberta a atuantes da cadeia produtiva da cultura: agentes viabilizadores, artistas, produtores, distribuidores, divulgadores, estudantes universitários de produção cultural, artes, comunicação, administração e demais ciências humanas, fornecedores, imprensa, difusores digitais de cultura e interessados em geral.

Objetivo: Conhecer os perfis dos produtores culturais, a partir dos resultados da pesquisa, em uma cultura tão diversa quanto a brasileira. Desenvolver a formação de um pensamento estruturado, os conhecimentos necessários para o exercício da profissão e sua estreita relação com as políticas culturais. Pensar sobre a lógica das leis de incentivo à cultura.

Público: Aberta a produtores executivos de atividades culturais, gestores de bens e atividades culturais, estudantes universitários de produção cultural, artes, comunicação, administração e demais ciências humanas, artistas, fornecedores e interessados no tema.

Objetivo: Entender como a difusão das artes constrói, junto com a produção e com o consumo, os sentidos da cultura. Verificar a dimensão de importância dos processos de comunicação (e, portanto, dos processos de difusão) na construção da produção e consumo culturais. Conhecer os fluxos de influência nas artes e as redes de comunicação operantes. 



Público: Voltada a atuantes na divulgação e distribuição de atividades culturais, imprensa, gestores de equipamentos culturais, gestores de redes digitais da cultura, difusores digitais de cultura, assessores de imprensa e interessados no tema.

Objetivo: Entender as práticas de investimento e atuação em cultura, o funcionamento do investimento em cultura e a avaliação dos resultados destes investimentos na percepção dos gestores e decisores dos investimentos em cultura e seu contraponto com os produtores culturais.

Público: Voltada aos investidores culturais da iniciativa privada e governo, gestores e decisores de investimentos em cultura, produtores e gestores culturais públicos e privados e interessados no tema.